quarta-feira, 18 de maio de 2011

Como tudo começou

      Henri Nestlé foi um notável farmacêutico alemão aspirado profundamente em resolver os problemas da desnutrição infantil de sua época, assim, buscava sempre pesquisar e inovar, investindo seus recursos, para desenvolver um produto complexo que reunisse alimentos básicos como o leite, cereais, açúcar, etc. Daí então surgiu uma idéia brilhante de reunir todos esses componentes numa farinha especial que apenas com a adição de água quente estaria pronta uma refeição completa, saborosa e com alto valor nutritivo, que suprisse as necessidades básicas de uma criança. Como fruto dos seus estudos, seu conhecimento científico e inúmeros testes, Henri chegou à formulação ideal e numa embalagem hermeticamente fechada lançou o seu primeiro produto nomeado de Henri Nestlé Kindermehls (Refeição Infantil) em 1866, o que posteriormente veio a se chamar Farinha Láctea Nestlé.
       Por intermédio de um médico da região, Henri tomou conhecimento de uma criança recém nascida com sérios problemas de desnutrição, o que a deixava cada vez mais debilitada. Henri receitou a própria invenção, feito na forma de um mingau preparado e depois de alguns dias obteve sucesso com a recuperação da criança. A notícia da cura e da nova farinha se espalhou rapidamente e inúmeras mães levavam seus filhos até Henri Nestlé em busca da nutrição especial, chegando enfim, até médicos e cientistas que se interessaram pelo produto. Um ano depois, em 1867, já fabricava a farinha em larga escala e fundou a Henri Nestlé Unternehmen (Sociedade Henri Nestlé) na pequena cidade de Vevey na Suíça onde na atualidade situa-se a sede mundial da empresa.       

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário